Notícias locais

9 de maio de 2018

Lojistas querem treinamentos e cursos profissionalizantes


PESQUISA FEITA PELA FECOMÉRCIO MOSTRA QUE 54% DOS COMERCIANTES DE PENÁPOLIS QUEREM QUE O SINCOMÉRCIO PROMOVA TREINAMENTO PARA AJUDÁ-LOS

Os comerciantes de Penápolis estão preocupados em se capacitar assim como seus colaboradores, com treinamentos e cursos de profissionalização. É o que aponta pesquisa feita pela Fecomercio SP (Federação do Comércio do Estado de São Paulo) com empresários da cidade.

Os pesquisadores perguntaram aos entrevistados de que forma o Sincomércio poderia melhorar o ambiente de negócios e apresentou quatro ou cinco possibilidades. Do total de comerciantes que respondeu ao questionário, 54%, ou seja, mais da metade informou que o sindicato deve investir em treinamentos e cursos de profissionalização para o comércio.
O presidente do Sincomércio, Norberto Pereira Laranja, lembra que essa é uma das principais preocupações da diretoria, que ao longo do tempo disponibiliza palestras gratuitas para seus associados, muitas delas com caráter social, arrecadando alimentos que são doados as entidades assistenciais. Recentemente, o sindicato firmou parceria com o Senac e vários cursos serão oferecidos a partir do segundo semestre, informa Laranja.
Chama a atenção que a mesma pesquisa foi feita com outros 32 Sindicatos do Comércio Varejista do interior do Estado, e no geral, o percentual de comerciantes que estão interessados em cursos e treinamento cai para 45%.

No geral, 26% querem que o Sincomércio defenda o interesse das empresas em âmbito local, com relação à legislação e outros problemas locais, índice que é de 27% em Penápolis.

Defender os interesses das empresas em âmbito nacional é desejo de 10% dos entrevistados em geral e de 9% em Penápolis.
Enquanto a atuação na negociação de salários e pisos de empregados é importante também para 19% dos entrevistados em geral, em Penápolis esse índice é de apenas 3%.
A opção outras formas de melhorar o ambiente de negócios foi apontada como prioridade por 9% dos entrevistados no geral e por 7% dos comerciantes ouvidos em Penápolis.

O Sincomércio está atento aos anseios dos comerciantes e continuará atuando de acordo com os interesses dos associados.

Voltar para Notícias