Notícias Fecomercio

25 de março de 2019

Cidades inteligentes são tema de destaque da nova edição da “Problemas Brasileiros”


Publicação também analisa a falta de educação sexual nas escolas e explica como funcionam os mandatos coletivos

A revista Problemas Brasileiros de abril/maio (edição n.º 451) traz no destaque uma reportagem de como a tecnologia pode melhorar a gestão pública. As chamadas smart cities, ou “cidades inteligentes”, já são realidade em lugares como Nova York, nos Estados Unidos. No Brasil, alguns municípios como Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre (RS), começaram a fazer uso da indústria 4.0 em segurança pública, na gestão de resíduos, no controle de doenças e outras frentes.
A publicação editada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) também analisa como a ampliação da educação sexual, aliada a políticas públicas, poderia reduzir os altos índices altos de gravidez ou a violência contra homossexuais entre os alunos.
Na seara política, a PB explica como funcionam os mandatos coletivos e mostra como atua esse modelo no qual um grupo de pessoas ocupa uma das cadeiras nas assembleias legislativas. A legislação não proíbe nem prevê esse tipo de mandato, e para conseguir espaço, esses grupos se viabilizaram nas urnas nas últimas eleições da seguinte maneira: a campanha foi feita por todos os cocandidatos, mas apenas um deles apareceu como o mandatário oficial. O eleitor foi informado durante a campanha que, ao votar naquele candidato, estaria escolhendo o grupo completo.
Na edição, o leitor ainda confere a entrevista realizada pelo UM BRASIL com o historiador e professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Leandro Karnal. Ele classifica como positiva a visibilidade que a tecnologia da informação, em especial as redes sociais, deu às pessoas comuns, mas acredita que muitas têm dificuldades em refletir sobre suas opiniões e respeitar as diferenças.
Outro texto da revista aborda a importância da obra de Monteiro Lobato para a literatura infantil nacional. O escritor, que imortalizou os personagens do Sítio do Picapau Amarelo, teve seu trabalho colocado em domínio público em 2018.
A revista Problemas Brasileiros é bimestral e pode ser encontrada nas melhores bancas e livrarias do País.

Voltar para Notícias